sexta-feira, 20 de dezembro de 2013 - 0 comentários

Desilusão...


Hoje a minha mãe foi buscar as minhas avaliações do primeiro período, chegou a casa e começou a me enxovalhar que não gostou nada do que ouviu sobre mim na escola!
Primeiro perguntou-me porque era eu tão teimoso e má pessoa?
Depois veio com que historia era uma de eu querer mudar de curso? Se eu queria ir para Matemática A?
Disse-me que eu olhava de lado e olhava para o diretor de turma nos últimos tempos!
E disse-me que o meu diretor de turma tinha pena de uma pessoa como eu com excelentes notas ser assim, malcriado e arrogante para as pessoas…
A minha mãe disse que eu tinha de mudar e que eu tive negativa a educação física porque era teimoso e malcriado com a professora, e perguntou-me se me custava muito pegar num apito e apitar… (Oh pá eu odeio desporto e não gosto de fazer nada relacionado com isso, o ano passado eu não fazia as aulas por ter atestado médico, o professor compreendia-me e eu simplesmente ficava a ver os meus colegas na aula, e cheguei a fazer um trabalho escrito, a minha nota foram os testes e a minha presença nas aulas, porque é que agora tenho de ter uma professora que me obriga a fazer coisas que não gosto nem me sinto bem a fazer! Porquê?)
Não esperava mesmo ter aquela negativa a EF...só me apetece desistir deste curso, não é isto que quero estou farto de sofrer e sofrer naquela escola, ..

É engraçado é que todos só sabem criticar e apontar o dedo...mas ninguém sabe analisar a que se devem tais atitudes minhas, nem fazem ideia do que já sofri e sofro durante este ano...

Querendo ou não, chega uma hora em que as pessoas têm que mudar, que as pessoas têm que crescer. E isso não é uma escolha, é uma aprendizagem. Tu mudas a cada coisa nova que aprendes, a cada erro que cometes, a cada vez que te decepcionam. É por isso que vais passar por constantes mudanças durante toda a sua vida. Porque erros cometes todos os dias, aprendes coisas novas todos os dias, decepcionam-te a toda hora. Então aceita e compreende as mudanças que acontecem contigo e com quem vive ao teu redor. Ninguém muda porque quer, e se alguém mudou é porque foi preciso.

0 comentários:

Enviar um comentário