quarta-feira, 20 de novembro de 2013 - 0 comentários

Sem título...



Pessoas e mais pessoas neste mundo imenso…querem lá esses seres saber de mim, se importar verdadeiramente comigo, me dar o devido valor que mereço, reconhecer a grande pessoa que eu sou, e a minha parte humana esquecer os meros detalhes da minha intimidade pessoal. Não, decerto que não mesmo, só sabem dizer mal de mim, desrespeitar-me, me fazer sentir abaixo de lixo, por o meu ego lá no fundo, sempre o mesmo…dia após dia, horas a fio, cansa, ficamos saturados, e chegamos a um ponto em que temos de encontrar forças em todos os sítios por forma a ultrapassar tais dificuldades da vida que nos vão surgindo na nossa caminhada em relação ao futuro que aí virá. Por vezes choramos, pois somos humanos e ninguém é forte como o ferro, ninguém consegue guardar tudo para dentro, é preciso também deitar cá pra fora as mágoas e as angústias pelas quais passamos no dia-a-dia, chorar faz-nos bem, alivia a mente e a alma, faz-nos sentir que somos seres humanos de verdade.
Nenhum ser me venha com a história, de que um homem que é homem não chora, isso é uma completa mentira, pois todos temos sentimentos e não devemos ter vergonha de nós próprios, de sermos o que somos, homens de verdade, também choram, amam, riem, sentem-se destroçados, destruídos por dentro, parecendo que o mundo vai acabar, ficam noites pensando no que fazer, homens gostam de atenção, carinho, conversas, (...) de se sentirem amados, de se sentirem importantes para alguém! E acima de tudo homens também sofrem, sonham e têm um projecto de vida!

Por vezes surgem-nos dúvidas, em relação ao futuro, à vida, às pessoas, ao mundo em redor, e fico apenas com perguntas na palma da mão:
- Será que pessoas que me dizem, o que dizem, gostaram verdadeiramente de mim independentemente do resto, dos detalhes??
- Será que podem ser consideradas de família, sofrendo eu o que tenho sofrido à sua custa??
- Será que alguém merece passar por tanto??
(….)
Tenho de me focar nas coisas boas e nos momentos bons que têm acontecido apesar de tudo, olhar o sofrimento como forma de ser-se mais forte na vida, de crescer-se como ser e como pessoa, de aprender com os erros e lições…agarrar os momentos de felicidade e crescer junto com ela. E o que seria da vida sem um pouco de tudo? NADA!

Não há ganhos na vida sem sofrimento, aprendemos a nos tornar-mos mais fortes, e mais maduros. Quanto à família, a única que tenho tido mais perto de mim, tem sido os meus amigos e o meu namorado, e uma ou outra pessoa chegada e são esses que me tem dado apoio e muita força para continuar a lutar. A família que esperava dignamente que me respeitasse, apenas me mata aos poucos e poucos, e puramente isto: Não me interessa falar com esses seres, nem fazer nada, nem pôr a mesa nem o raio que o parta, quero estar sozinho no meu espaço confortavelmente e falar com quem eu quiser...e sim já sou uma pessoa crescida, já sei tomar bem conta de mim próprio, já sei com quem me devo dar ou não, não sou um parvo ou estúpido de primeira…. Fartei disto tudo é sempre a mesma cena todos os dias...Ninguém tem paciência para aturar “cenas do outro mundo” a toda a hora, chega de uma vez. Se esses seres me respeitassem não estava a pensar em sair de casa, mas sim a estar com toda família que me amou estes anos todos e que agora me está a destruir.

Será que não vêm isso? Será que ninguém o vê?
Eu sou aquilo que sou e não vou mudar, só para pôr pessoas satisfeitas com um sorrisinho flagelo na face, não…eu não sou desse tipo de pessoa, o importante é que gosto de mim como sou e não tenho vergonha alguma de o demonstrar, e sinto-me muito bem assim.

Quanto mais distância desses seres que me fazem mal, melhor… quero apenas estar no meu canto sossegado, e na menor da hipóteses nem posso, nem no meu próprio quarto, pareço que vivo nem sei onde, isto sei lá o quê...estou farto de viver aqui e farto desta gentinha que me dá cabo do juízo...não tenho paz nem sossego tão cedo. Respeitem-me como vocês se respeitam. Estão sempre a tentar controlar-me e isso está a destruir a nossa relação (pior a cada dia que passa).

Será que existe alguém que se pode tentar pôr na minha posição por um dia, para sentirem esta revolta, angustia, raiva, dor, e tantos outros sentimentos que sinto por estar a ser afastado por toda a minha família?
Enquanto eu não sair daqui desta casa, e ir para junto de quem me ama e das pessoas que querem o meu bem, irei ter que suportar tudo, sei que sou forte, daqui até lá ainda tenho uma grande caminhada a fazer, sei que irei passar por cima e conseguir alcançar a felicidade ao lado de quem mais amo, irei conseguir lutar e concretizar o meu sonho, mesmo que passa isso tenha de fazer enormes esforços e sacrifícios, mas no fim valerá a pena e ficarei muito grato por assim ter sido…
Nunca desistir, o caminho é em frente, e ao teu lado sei que ficarei, A cada dia que passa, o tempo vai diminuindo e a vontade aumenta cada vez mais, já falta pouco e acredito que o tempo passará depressa até recomeçar a minha vida…com novos ares, novas coisas, novas pessoas, novas histórias, e sofrimento enterrado nas páginas do passado.

http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=ZQ7oqmikZDQ


0 comentários:

Enviar um comentário