sexta-feira, 2 de novembro de 2012 - 0 comentários

Mudança e Reviravolta!



Hoje, acordei já de mau humor, eram 5 e tal da manha e já estava acordado, mas felizmente, ainda consegui dormir. A minha mãe chamou-me para ir para a escola, não me apetecia nada ir para a escola, tinha sono e vontade de ficar na cama, mais um pouco. Ainda comecei a reclamar com ela, e a dizer isto e aquilo, … enfim agir de cabeça quente!

Ontem tive um dia diferente, passei a tarde na casa da minha tia, com a minha prima, gostei, qualquer dia nós vamos os dois construir um blog de culinária, no Natal vamos confeccionar bolachas e doces, eu adoro cozinhar, ainda ontem eu e a minha prima fizemos o almoço. Gostei de passar a tarde com ela, foi muito interessante. Tenho me conseguido manter afastado do computador...

Logo na primeira aula da manha, FQ, que foi teste, pedi à professora para fazer o teste na próxima semana, mas ela decidiu que tinha de o fazer hoje, mesmo sabendo que não tinha estudado nada, mandou-me fazê-lo, contudo disse que ia ter em consideração os problemas que tenho tido, não dormir, não se sentir bem, não ter paciência para nada! Fiz tudo o que sabia e me lembrava, o resto ficou em branco, paciência, eu não estava à espera desta resposta da parte da professora. Não é o fim do mundo, foi só um teste, muitos mais tenho para recuperar a nota que tiver. Mas foi o pior teste que já alguma vez fiz!

Fui também falar com a psicóloga, já que na 4ª feira fiquei todo o dia em casa, a tentar descansar, aproveitei para adiantar o trabalho de Filosofia, sobre “O prazer da vida, de existir, de ter alguém!”.
A psicóloga esteve a conversar comigo sobre uma data de coisas…
Cheguei a conclusão que, não posso deixar a escola, deixar os testes, abandonar tudo por mais que apeteça, tenho de arranjar estratégias para conseguir estudar, mesmo que não tenha vontade nenhuma, ou que me sinta mal.
Se eu quero mudanças, tenho de lutar por elas, tenho de fazer para que elas aconteçam, tenho de à medida que o tempo passa, ir descobrindo as respostas das perguntas que a vida me coloca!
Não posso continuar a agir como tenho agido, tenho muitas mudanças a fazer, mas estas mudanças têm de ser feitas por mim e não por outras pessoas, não posso esperar que as outras pessoas façam as mudanças por mim!

Tenho de estudar, mesmo que me faltem as forças todas do mundo, mesmo que a paciência seja nula, mesmo que a vontade de estar a fazer outra coisa seja muito maior, …
Tenho de tentar parar definitivamente de ver o lado negro, as coisas más, há coisas boas, sou inteligente, bom aluno, … e neste momento a cada dia, cada vez mais vejo a vida a andar para trás, (…)  tenho de ter força, coragem, animo e tentar fazer que a vida ande para a frente de uma vez por todas. Mesmo tomando os comprimidos, vou continuar a ter alturas em que não me apetece nada em quem e sinto muito mal, em que nada faz sentido….

Eu queria que as pessoas me entendessem à minha maneira mais isso não é possível, portanto tenho de ser eu a mudar, para me sentir bem, para estar bem, …. as pessoas não me entendem é verdade, mas a maior parte das vezes eu também não as entendo!
As vezes apetece mandar o mundo ao chão, fugir e cometer uma data de erros, mas para quê. Isso não acaba com o meu sofrimento, só me prejudica ainda mais, (…) tenho de reconstruir uma vida do zero,começar tudo de novo...

Tudo está em mim. Só eu, e apenas eu posso me ajudar a mim próprio, a maior ajuda vem de dentro de mim, tenho de ser eu a querer dar o pontapé em tudo e me libertar, e sair a deste problema, embora ainda demore o seu tempo, mas é possível basta eu acreditar, que é!
Acreditar é a palavra que mais tem de estar presente todos os dias da minha vida, daqui em diante!
Tenho de passar a ser eu mesmo, e não o que os outros querem que sejam, quero voltar a ser a pessoa que muitos conheciam a algum tempo atrás, voltar a ser o que era, mas ainda melhor!

Há um longo trabalho ainda pela frente, a ser realizado, um longo caminho a percorrer, uma vitória a conquistar, uma data de objectivos para alcançar …. não posso jamais desistir!
O caminho é em frente, vivendo um dia de cada vez, aos poucos e poucos, tenho fé e acredito que tudo se vai recompor…
O importante é saber como lidar com os problemas/situações em que nós todos somos confrontados no dia-a-dia, pois sem isso, ficamos num beco sem saída. São tantas a vezes que já pensei, estou a ter forças e animo vindos não sei de onde, (…) algo inexplicável!
A mudança está em mim, só eu a posso concretizar!

Tenho de tentar arranjar outra estratégia para quando ver que vou ficar muito irritado e vou explodir de revolta e raiva, por exemplo, ir apanhar ar, quando me aperceber que vou gritar e me descontrolar!
A minha mente anda demais centrada em tudo negativo que há na minha vida, acho que é tudo mau, que não existe nada de bom, que não presto para nada, que não sou ninguém, que estou vazio… mas há coisas positivas, apenas eu não as consigo ver, mas os outros conseguem.
E ainda hoje a psicóloga fez-me ver isso mesmo, que tenho coisas positivas em que pensar, sou inteligente, bom aluno, … é pena é que eu próprio não consiga me focar nessas mesmas coisas positivas, só num mar infinito de sofrimento, de mágoas, de más energias, de maus pensamentos e de más coisas!

Visto de fora, uma péssima perspectiva de ver a vida, de viver a vida, pois não estou aproveitando a mesma, apenas a perdê-la aos poucos e poucos… Tenho de pensar que tenho uma vida para viver, um futuro para alcançar, coisas boas para saborear, momentos fantásticos para passar!

Já estive a pensar no curso da universidade que quero, em princípio irei para o de Informática e Gestão de Empresas, no ISCTE em Lisboa. Como gostaria e quero criar o meu próprio emprego, ter a minha própria empresa. É uma das coisas que acho fantástica, nós (jovens) fazermos, porque realmente desde a algum tempo observa-se cada vez mais, a serem as pessoas a criar o seu próprio emprego, a serem empreendedoras, a construírem as suas empresas, …   
Para aceder ao curso terei que realizar exame de Matemática A (11º e 12º) , e eu tenho a B, ou seja não sei como hei de resolver muito bem essa situação, tenho começar em explorar a hipótese de assistir a aulas para poder perceber mais a matéria e fazer o exame, para 2014!

Não posso continuar assim, não posso mais! Tenho de parar!
Quanto ao meu irmão nada eu posso fazer para o ter só tenho de aceitar, que ele está morto e que não volta, que não existe, foi apenas o destino, a meu parecer, cruel, que estava traçado, em eu ficar sem irmão no mundo, ou seja, em ser filho único!

Está na hora de recomeçar a minha vida, de fazer um pedido de desculpa a quem mais tenho magoado nos últimos tempos, de esquecer tudo o que passou, e criar novas histórias com outros começos e fins, de dar mais valor aquilo que é importante, por vezes o mais pequenino gesto, é o que faz toda a diferença! Está na hora de saber viver, resta é a esperança que desta vez irei conseguir, de uma vez por todas! Se fosse a contar todas as vezes em que disse que ia recomeçar a vida, nem faço a mínima ideia de quantas eram, mas até agora foram todas sem sucesso! Espero que seja desta! É que estou a perder minutos, horas e segundos de não viver o presente, como devia de ser! Tenho estado demais agarrado ao passado!
Está na hora da reviravolta, da mudança em tudo!

0 comentários:

Enviar um comentário