quinta-feira, 29 de novembro de 2012 - 0 comentários

Recomeço.....

Tive teste de Filosofia, nem sei como correu se foi bem ou mal, o que interessa é que já está feito, venha a nota que vier, é bem vinda, seja positiva ou negativa. Ontem mal consegui estudar muito, não ando com cabeça, nem energia. Mesmo tomando o comprimido sinto-me pior, não consigo dormir descansadamente, andei as  voltas e voltas na cama e pouco dormi.

Sinto-me ..... péssimo, tal como todas as vezes, infelizmente tem sido assim todos os dias, desde há muitos meses, precisamente 11.
Recebi o teste de Inglês, para minha surpresa tive um 15, não esperava nada ter essa nota, estava à espera de bem menos. Já comecei a realizar o meu trabalho de EF, sobre "Os Benefícios da Actividade Física" que tenho de entregar no dia 6 de Dezembro.

Para minha felicidade amanhã só tenho o teste de FQ e aula de BP, as minhas aulas terminam as 11h, devido a se realizar a bênção das capas. Vou aproveitar para adiantar algumas coisas da escola, tenho tantas coisas para preparar, apresentações, trabalhos para entregar e testes para fazer ... esta vida de estudante de hoje em dia não é nada fácil, é complicado, não é para qualquer um.

Fui à psicóloga hoje com a minha mãe e a minha prima. A psicóloga esteve a falar com a minha mãe, depois disse-me que a minha mãe gostava muito de mim, e que não me quer perder, e que ela fica todos os dias que saiu de casa com o coração nas mãos porque tem medo que eu não volte.


Não posso ligar a gente tola, tenho de me afastar dessas pessoas que me fazem mal. Contei-lhe dos arrepios, dos frios e dos tremores que costumam me dar.
Eu tenho coisas boas em mim, sou inteligente, bom aluno, sou boa pessoa e não posso deixar que pessoas tontas me façam sentir abaixo delas, eu sou boa pessoa, tenho que me apegar aos amigos verdadeiros que tenho e me afastar do resto.
Eu irei conseguir um dia desses arranjar a coragem toda que necessito para falar com o F. e resolver as coisas entre nós.
Falei que as coisas tinham piorado e que o medicamento não está a fazer efeito.
Por fim a Dr.ª disse-me que me ia me encaminhar para a minha pediatra (a Drª que me salvou a vida), que ia escrever uma carta remetida a ela, a explicar a minha situação, e depois ela ia me encaminhar para o hospital, para uma pedo-psiquiatra.

Fico muito feliz pelas coisas parecerem realmente melhorar e terem ganhado um rumo, de uma vez, para a próxima sexta já tenho psicóloga marcada.
Parece realmente que as coisas vão resultar de uma vez, acredito que tudo vai melhorar, espero que as ideias de suicídio me saiam da cabeça, acredito que vou conseguir encontrar alguém um dia desses, um alguém muito especial. Acredito que vou ficar com uma vida bela e estável! Feliz!

0 comentários:

Enviar um comentário