quarta-feira, 7 de novembro de 2012 - 0 comentários

Revelações...

Hoje o dia correu bem, especialmente o final de tarde bastante positivo incrivelmente excelente, consegui ultrapassar um medo e fiz uma conquista! Adorei a aula de teatro que tive hoje!
Consegui atingir um objectivo, que já tencionava atingir à muito tempo. Apesar dos nervos, insegurança e ansiedade quando subi ao palco, sempre consegui cantar, interpretar a música que eu escolhi, intitulada "Sei Que Sabes Que Sim", dos Ez Special, embora estivesse um bocadinho retinente se iria conseguir ou não!
Consegui me exprimir através da voz, da música, que é uma coisa fantástica, e consegui ultrapassar as minhas barreiras, o tal medo que tinha. Cantar para mim é uma coisa fantástica, é uma coisa que adoro fazer, só que ainda não tenho muita segurança, confesso fiquei um pouco envergonhado no início.

Não posso dizer que comecei na perfeição, pois os nervos eram tantos e insegurança medonha que prejudicaram, mas à medida que a música avançava, comecei a me sentir mais seguro, esqueci tudo o que havia à volta, e entreguei-me à letra, e consegui cumprir o objectivo, o de conseguir ultrapassar o medo que tinha. Acabei de uma forma muito melhor, notou-se imensa diferença, já estava mais descontraído e bastante mais calmo apesar dos impedimentos!
Da minha prestação, a meu ver acabei bem, foi muito boa, no sentido em ter tido coragem, vinda nem sei de onde inexplicável, para subir a um palco, e cantar, cantar para pessoas que mal conheço, consegui me exprimir através da voz, fiquei mais confiante, e já no fim senti-me um pouco à vontade, todas as barreiras desapareceram! Eu admiro-me por ter tido tanta coragem para fazer uma coisa destas, não estava à espera do resultado que alcancei, de conseguir aquilo que mais ansiava, a uma imensidão de tempo!

Adorei poder ter a oportunidade de ter mostrado as minhas capacidades artísticas, de ter cantado perante vós, de poder me exprimir, sem ser criticado negativamente! Senti-me seguro e acompanhado por um grupo de pessoas fantásticas! É tão bom isto ser assim!
Adorei a critica construtiva que o F.A. fez, quanto à minha prestação, gostei imenso do que ouvi, das suas palavras, daquilo que ele me disse, ainda me senti mais valorizado e melhor! Consegui impressionar o público, com a minha voz, com a minha expressão e um pouco de confiança o que foi excelente, e ele foi um deles. Ele também disse que gostou muito de me ouvir, admirou a minha coragem ter feito aquilo que fiz, que na opinião dele, foi um bom trabalho
 É tão bom se sentir assim: bem, confiante, valorizado, que as pessoas gostam do que fazemos  Há imenso tempo que não me sentia assim, faz-me bem, é o que mais preciso neste momento é me sentir bem!

Gostei também de começar os ensaios para o espectáculo, embora estivesse um pouco tenso, mas à medida que o tempo passa irei me habituar a um palco, a representar,  a entrar no ritmo e a encarar o teatro como uma coisa banal, do dia-a-dia, sem nervos, nem inseguranças!
Acabei este dia da melhor forma possível, adoro fazer teatro, adoro o grupo, são pessoas incrivelmente excelentes! São as melhores pessoas que conheci até agora desde que estou naquela escola, finalmente, que conheço gente de jeito!
Senti coisas, incríveis, quando fui criticado. Gostei imenso da experiência e espero repetir logo que haja hipótese, mas dessa vez irei tentar fazer algo diferente e inovar!
Para a próxima, ambiciono fazer uma coisa tipo esta: http://www.youtube.com/watch?v=-hSZKoYZ1x0.

É pena, que muitas das vezes, eu não veja as coisas boas que tenho como este dom, talento para as artes e música e que não acredite que sou realmente capaz de fazer as coisas, de fazer o que fiz e muito mais! Quem canta seus males espanta!

Hoje senti alegria, emoção, nervos, insegurança, espanto, orgulho, (...) e tantos outros sentimentos, que me fazem bem, amei ter cantado perante toda aquela gente, e também ter conseguido impressioná-las, logo na primeira audição  Não esperava sinceramente conseguir uma coisa deste género! Eu estou feliz comigo próprio!

0 comentários:

Enviar um comentário