quarta-feira, 24 de outubro de 2012 - 0 comentários

A Caminho de Outro Mundo....

Hoje de manhã fui à psicóloga e contei-lhe tudo o que se tinha passado, nos últimos dias, nas últimas horas, contei-lhe que decidi procurar ajuda e ir ao Centro de Saúde do Bom Jesus e ela achou muito bem, pois estou bem encaminhado, e será mais fácil de resolver aquilo que tem passado por mim, já posso esclarecer se sofro de bipolaridade ou não, e tudo mais!

Hoje começou o meu caminho em direcção a outro mundo, o mundo do teatro, um mundo novo, algo diferente mas muito espectacular, já conheci pessoas novas, gente nova, simplesmente adorei e fez-me muito bem o tempo que estive com eles, certa de quase 2 h, já dei algumas gargalhadas, me senti bem, fui muito bem recebido, como me já tinha dito o Br. há dias, que ia ser bem recebido, o que achei mais estupefacto foi quando ele me disse que a maioria das pessoas estava lá por causa dos mesmos problemas que eu, confiança, auto-estima, ... não estava nada à espera, disto, surpreendeu-me bastante!

O pessoal do teatro é tudo gente fixe e divertida, nos somos ''loucos'', gostei de toda a gente, cheguei a pensar o porquê de a prof. F. ser professora de FQ, não faz muito sentido isso, ela é tão divertida, brincalhona, sei lá parece ter uma criança dentro de si, e ter a nossa idade! É mesmo espectacular o teatro, não estava a espera de ser assim tão bom, e maravilhoso, simplesmente adorei o fim deste meu dia, foi perfeito!

Fizemos também hoje o nosso 1º improviso em palco, em grupo, o provérbio que me calhou, a mim e ao meu grupo foi ''Quem sai aos seus, não degenera''!
Quando subi ao palco senti-me um pouco inseguro, mas não muito, pois já estava um pouco ambientado com as pessoas, não queria imaginar é quando estiver uma sala cheia de gente como vou reagir, quero tentar não começar a tremer por todos os lados e sentir uns nervos e ansiedade insuportável, tenho medo que não me saia a voz, quando tiver que fazer o meu papel, tenho medo de me esqueçer das falas, ....

Mas, daqui até lá irei saber lidar melhor com isso! Também a prof. F. deu-nos umas cartas sobre umas pessoas que estão a aprender português de outras nacionalidades, para respondermos e mantermos contacto com a pessoa durante algum tempo, para depois um dia nos encontrarmos. Achei a ideia muito interessante, só num pequeno espaço de tempo coisas boas aconteceram, não pensei muito nos problemas que tinha quando estive com o grupo de teatro, pensei sim em me divertir e em estar feliz!

0 comentários:

Enviar um comentário