quinta-feira, 4 de outubro de 2012 - 0 comentários

Sinto que ....

Sinto que esta tudo mal, que nada corre bem, que a minha vida está num enorme furação .... uma enorme confusão, estou tão mal, de rastos, não sei como mais possa ficar, só tenho uma enorme vontade de gritar e chorar, de me fechar no quarto ficar só, escrever e ouvir música!
Hoje, o jantar foi a mesma coisa de ontem, só comi por comer, e foi pouco, não tinha fome nenhuma, muito menos vontade para comer!

Já abri os olhos tarde, devia ter ido mais cedo a uma psicóloga e não agora só em Setembro, pois isto já vem desde a algum tempo, estes problemas todos, começou a piorar em Janeiro deste ano, e agora está no estado em que está.... :(

Estou FARTO, FARTO, FARTO, ...... que digam que a culpa de tudo o que têm me acontecido é minha, que os problemas são da minha cabeça, que só eu posso sair deste estado depressivo, que tenho de ser eu sozinho a resolver todos os meus problemas, que me tem assolado, até hoje, que são tudo coisas inventadas por mim, por assim dizer macacos da minha cabeça (...) se as pessoas soubessem o quanto estou farto disso, nem me diziam mais isso na cara, isso irrita-me profundamente e descontrola-me, e revolta-me ainda mais! Todos só pensam que a culpa das coisas que nos aconteceram, é sempre nossa, mas nunca pensam que as atitudes dos outros são aquelas que nos prejudicam e muito!

A certa altura do dia posso estar muito bem feliz, mas depois noutras alturas do dia fico muito triste, em baixo, amargurado! Isto doí, isto magoa, bem lá no fundo, isto está cada vez mais a dar cabo de mim....

O F. voltou a falar comigo hoje e já sei, o motivo para ele ter deixado de me falar, desde a algum tempo, eu para ele já não sou a pessoa que ele conheceu em Abril, eu tenho vindo a desiludi-lo imenso,  já não sou a pessoa que ele conheceu (....) pudera depois da porcaria de coisas que me têm acontecido e não param de acontecer, de dia para dia .....
Fiquei feliz mas muito triste porque o magoei imenso e ele há de demorar a me perdoar, por tudo o que fiz, uma das coisas muito boas que aconteceu na minha vida este ano foi tê-lo conhecido!

A relação com os meus pais ora pode estar bem, ora mal, apetecia-me gritar, fugir, detesto e já estou farto de discussões,  .... sinto-me horrível, um traste, uma má pessoa, ... nem sei já o que hei de pensar sobre a vida, se realmente é importante estar aqui, viver (...) porque já estou a sofrer imenso e não sei por onde me virar, como me orientar, estou lá bem no fundo, perdido dificilmente e muito tempo vai levar para me conseguir levantar e resolver a minha vida toda!

Hoje fui outra vez falar com a psicóloga da escola, e contei uma parte do resto das coisas que se têm passado comigo (....) até que enfim, aleluia, ter encontrado ALGUÉM QUE ME PERCEBE a 100%, alguém que entende os meus problemas, como eu me tenho sentido, alguém que não diz tudo o que os outros dizem, o que eu queria, o que eu esperava que fizessem comigo, chegou, eu esperava que o psicólogo/a trabalhasse comigo, a minha auto estima, a minha confiança, tudo...a minha forma de lidar com certas coisas, a minha forma de ser para as pessoas, a minha forma de pensar, de viver, de encarar a vida, todos os problemas que eu tenho (...) ainda bem eu ter encontrado alguém assim, ainda bem que o P. me levou até a psicóloga, tenho muito a lhe agradecer, se não fosse ele...não sei como continuaria, aí, aí, não sei mesmo, ia ficar ainda pior, mais deprimido, mais isolado, mais triste!

Sinto que não sou uma pessoa, não sou nada, não valo nada, não devia ter feito aquilo que fiz, muita gente perdeu a sua confiança em mim, eu tive atitudes para isso ter acontecido .... um exemplo desses é o F., que depois de tudo espero que ele me entenda e que volte a confiar em mim, depois de tudo o que eu sinto por ele continua igual, ele continua a ser como um irmão para mim!

Já desiludi pessoas, já cometi erros, já fiz disparates, já perdi quem mais amo, já levei muita porrada da vida, já perdi amigos, amizades, já magoei pessoas, já fui parvo, estúpido.... e hoje não me considero nada, como me sinto, o que sinto, não me posso considerar uma pessoa!!

Não sei o que me passa pela cabeça, sequer em fazer .... e mais vale nem saber :/

0 comentários:

Enviar um comentário