terça-feira, 23 de outubro de 2012 - 0 comentários

Dia Horrível....

Sinto que o mundo vai acabar, que tudo não passa de vontades e sonhos, a vontade de querer amar alguém, de querer ser feliz de querer me sentir bem comigo e com os outros, querer ter um irmão, ...  mas a cada dia vejo e vejo que até aqui nada mudou. Sinto-me tão mal.....
Sinto uma pressão enorme no meu peito, a minha vida está num grande drama,  ter vontade de gritar e não conseguir, ter vontade de fugir para longe daqui,  ter vontade de  abraçar alguém e não ter, ter vontade de se sentir bem, de estar alegre feliz ....



Eu não sei o que fazer, não sei o que sentir, não tenho a mínima paciência para nada, nem para testes nem escola, nada … estive hoje de manhã com um enorme sono, parecia que estava até drogado, não tenho dormido nada bem nas últimas noites, nada mesmo, por causa de todos estes problemas, por causa de tudo na minha vida, vem-me tudo à cabeça por mais que não queira pensar.

Estive na aula de FQ tão mal, deu-me tantas pancadas de sono, não ouvi absolutamente nada do que a professora disse…na aula de Português a professora reparou no meu estado e aconselhou-me e deu-me a oportunidade de sair da sala, foi então que fui ter com a minha grande amiga Al., e contei-lhe o que se tinha passado, que não tenho dormido, que todos estes problemas não passam, estão metidos cá dentro e não se esquecem….

Ela aconselhou-me vivamente a cuidar primeiro da minha saúde, ia buscar as minhas coisas e ir à consulta de atendimento ao jovem no Centro de Saúde do Bom Jesus, mesmo tendo teste, em primeiro lugar estava a minha saúde. Não me sentia nada bem, sentia-me arrepiado, com frio, recentemente tem sido um pouco frequente, acontecerem estas coisas… acho algo muito estranho estes arrepios e eu ficar frio, gelado, a tremer.

E assim foi, fui lá a consulta, já ficou marcado uma consulta com uma psiquiatra e com uma psicóloga para bem breve. Irei de ter de passar a tomar alguns comprimidos para me ajudar a dormir, a estar mais calmo, a comer … ainda bem que existem pessoas como a Al neste mundo, ela é mesmo uma boa amiga, só não pôde ir comigo porque não podia sair do trabalho, pois estava sozinha ao serviço!
Depois disso, fui falar com o meu professor da disciplina que tinha teste, e expliquei-lhe a situação de não ter ido fazer o teste e se o podia fazer noutra altura, o professor foi bastante compreensivo comigo e irei realizar o teste para a semana que vêm de hoje a oito dias!

À tarde fui falar com a minha DT para lhe entregar a justificação como tinha faltado ao teste, e comecei a contar-lhe as coisas que se passavam, o porquê de não me sentir bem, o porquê de ter tido as notas tão baixas, o porquê de me sentir como me sinto, os problemas que se têm passado (...) ainda bem que  a minha DT, é uma excelente pessoa, disse-me para ter calma, muita calma que tudo se iria resolver um dia, que sabia o que eu valia, as minhas capacidades, adorei ouvir isto da sua boca, era aquilo que estava a precisar de ouvir, ela tranquilizou-me que a nota que tive no teste de Matemática (12), não era o fim do mundo… ela disse-me que é bastante normal o confronto entre gerações, e isto é uma má e gigante fase pela qual estou a passar, pois já está tudo mal, não consigo pensar positivamente, tenho fé que tudo vai melhorar e ter paciência, e motivação para fazer alguma coisa, (…) a certa altura à medica que lhe fui contado o que se passava e depois dela ter dito estas palavras tão belas e sinceras, magou-me tanto contar tudo, as coisas que me  magoam, custou tanto falar, dizê-las que acabei por me esvair completamente em lágrimas, não me consegui aguentar!
Magoou-me sobretudo ouvir a professora dizer que esperava muito mais de mim, que houve pessoas melhores que eu, onde no ano anterior eu era o melhor aluno da turma, não me senti bem, queria ter dado uma boa impressão desde o inicio, e o que mais temia acabou por acontecer, os problemas estão a dar cabo de tudo, os nervos, a ansiedade, tudoooo........

Hoje fiquei sem fome, mal jantei, as discussões continuam… está tudo mal, estou a ouvir música a ver se me acalmo, não vejo a hora de entrar para o teatro e me sentir bem, me sentir feliz!
Noites e noites sem dormir têm me posto louco, tento me distrair para não pensar nos  problemas e nas coisas que não deva, mas não consigo, torna-se impossível .... nos últimos tempos, tem sido tudo um inferno, tanto sofrimento, atrás de sofrimento....

0 comentários:

Enviar um comentário