terça-feira, 9 de outubro de 2012 - 0 comentários

Que Dia....

Hoje de manhãzinha esteve um dia lindo, solarengo e alegre. Fui tomar café hoje com uma amiga a M., e estivemos a falar no autocarro enquanto íamos para o Funchal, sobre a vida, coisas que já nos aconteceram, tanto eu como ela não suportamos pessoas falsas, aquelas que nos traem, e se aproveitam de nós, que nos criticam, que nos ofendem, que dizem mal de nós...

Porém depois de ir para as aulas, tudo mudou (...) parece que já não estava, o mesmo dia lindo e solarengo que estava de manhãzinha, que dia que eu tive hoje, é mesmo para esqueçer.... só aconteceu coisas más e que eu não estava à espera que acontecessem!
A cada dia uma pessoa fica cada vez mais frustrada, e irritada com isto tudo (....) que isto tenha um fim, um dia, por favor, já não aguento mais isto!!!

Hoje o dia foi cansativo, na aula de PT estive a escrever um texto, enquanto esperava que os meus colegas acabassem a tarefa que a professora nos destinou fazer, e naquele momento surgiu-me um pensamento que me levou a escrever sobre o amor: ''Amar é cair e levantar'', a seca foi na aula de AIA que a sala ficou sem energia eléctrica e tivemos lá até ao meio dia e tal, sem fazer nada, a olhar uns prós outros, e só depois o professor decidiu nos mandar todos embora da sala de aula, passei a minha hora de almoço com o P. e depois tive TIS e FIL, e vim para casa, mas o autocarro tinha de se atrasar pelo caminho, estava imenso trânsito na saída do Funchal, que complicação, além de uma pessoa já estar cansada e desejosa de chegar a casa, parece que nunca mais chega!

Que raiva, estou cansado de tudo e mais alguma coisa, já não posso com estas discussões cá em casa, o ambiente está um bocado péssimo, não sei, não me sinto bem, nada, nada bem, (....) caramba uma pessoa chega a casa e têm de levar logo com os pais, e discussões atrás de discussões, chega, já estou farto, farto!
Desta agora eu não estava à espera, a minha mãe a duvidar da minha orientação sexual, é já não é a primeira vez que ela  me faz isto, já quando me tornei amigo do F. ela pensou que eu e ele éramos um casal, por sermos muito próximos e tratar-nos um ao outro como irmãos ..... , porque é que tudo o que uma pessoa não quer que aconteça, acaba por acontecer! :)
Sinto-me mal pela minha própria mãe duvidar disso, eu não sinto, nem nunca senti nada por rapazes!

Sinceramente já não suporto me fazerem perguntas sobre tudo e mais alguma coisa, já estou farto dos meus pais, quero ter 18 depressa, (...) quero fazer a minha vida, sem ninguém a me chatear a todo o momento, e sem dar satisfações do que faço ou deixo de fazer, quero ser livre, quero viver a vida sem limites, aproveitá-la da melhor maneira possível, tirar proveito de tudo o que ela têm de melhor, sorrir, amar, sonhar, viver, ter prazer (...) sem regras, desfrutando de tudo de forma muito mais interessante!

Que vida, que dia, a música ela sim é a minha grande amiga, ela faz-me sentir mais confortável, melhor, mais contente, alegre, ao menos nunca me abandona, nem me dá uma facada nas costas, nem me desilude a cada dia que passa, além do mais, está sempre presente todos os dias e ajuda-me a acalmar, a tentar não pensar tanto no lado pior das coisas, de tudo, da vida, dos problemas ..... 

0 comentários:

Enviar um comentário