quarta-feira, 3 de outubro de 2012 - 0 comentários

Lidando Com a Vida ....

Há uma altura, na nossa vida, em que questionamos tudo e mais alguma coisa, de onde viemos, para onde vamos, quem somos, porque somos assim como somos, qual o porquê de existirmos .... não está a ser nada, nada fácil lidar com esta dura e complicada fase da minha vida...
 
Conheci uma nova amiga hoje a AL. , é muito boa pessoa, é mesmo minha amiga, está aqui para o que eu precisar, quando eu quiser, chorar, desabafar, rir, vou ter com ela, a vida não é fácil para nenhum de nós, as pessoas que nos massacram depois vão ter em troca o que nos fizeram. Quando nós formos grandes pessoas, elas estarão mal de vida, e por mais que tenham gozado de nós, elas nunca vão ser ninguém decente, não vão ser ninguém na vida, enquanto nós sim!

Já percebi e já sei como ajudar o meu amigo P., graças à AL. !!

Ninguém é forte como o ferro, chega a uma altura que uma pessoa não pode mais aguentar e continuar a enganar o mundo, mostrando sempre que está tudo bem, que está feliz e bem de vida todos temos e já passamos por coisas terríveis, não há niguém que não tenha algo de ruim que se passou na sua vida, cada um tem a sua história!
Já me fizeram tanta mas tanta coisa...que tudo, por mais que não queira acaba por me afectar, me fazer sofrer, tudo acaba por me destruir embora me faça de muito forte .... já estou farto de sofrer por amor não correspondido, por amizades falsas, por tudo na vida!

Sempre fui visto na escola desde cedo como um deficiente, estou farto de as pessoas me criticarem, me rotularem e dizerem que sou isto ou aquilo, as pessoas que me chamaram isso, elas próprias não sabiam nada da minha história, o que aconteceu para eu ficar com ligeiras sequelas no lado direito do corpo, nomeadamente uma ligeira dificuldade a andar,  pois puxo um pouco a perna direita ... tenho a certeza se as mesmas soubessem pelo que eu passei, estar mais que uma vez entre a vida e a morte (...) não me iriam criticar, mas sim apoiar e me dar valor, estou aqui, vivo no mundo, porque o destino estava traçado e este decidiu que eu ficasse cá neste mundo, praticamente perfeito e no entanto o meu mano morreu, algo que me custa imenso é muito duro lidar com isso!

O meu mano não estar aqui hoje, ter partido para o céu, é algo que me magoa, e custa-me imenso, queria tê-lo aqui, sinto a falta dele, assim as coisas eram completamente diferentes, tinha com quem sair, com quem conversar, alguém com quem partilhar a minha vida, alguém com quem estar, não me sentia abandonado nem só, sempre tinha-o a ele, embora os irmãos discutam e tenham as suas birras e diferenças entre eles, não me importava com isso, só queria era ter um .... já não me sentia como me sinto!

Por mais que eu queira, não consigo ter confiança em mim, me valorizar antes de tudo,  acreditar em mim, aí está o grande problema,  não consigo ultrapassar tudo e virar a página sobre o meu passado e enterra-lo, nunca mais voltar a ele, assim se diga '' APAGÁ-LO''!
Por mais que tentes há sempre coisas que te marcam imenso, e vem sempre a lembrança que faz-te ficar de rastos, em baixo e triste!
Não estou a conseguir me valorizar, ser seguro, dar valor àquilo que sou, e por vezes me aceitar tal e qual como sou, sinto que as pessoas olham para mim de uma forma diferente, por andar com dificuldade, por ser como sou, hoje ia na rua ter com uma amiga que já não via há muito tempo e notei que assim que eu passei pelas pessoas que lá estavam, toda a gente olhou para mim de uma maneira diferente, como se fosse diferente, do tipo anormal... :(

Custa tanto não ter ninguém na vida, preciso mesmo de alguém, sinto a necessidade de amar, de ter alguém, alguém bom, uma boa pessoa, não quero mais desilusões, já estou farto que me magoem imenso, não mereço nada disso, quero ser feliz, ser amado e ter alguém, alguém que me apoie, que me aceite, com todos os meus defeitos e qualidades, tal como eu sou, que me conforte nos bons e maus momentos, que me dê valor, que me abrace, me conforte (...) me mime, me faça feliz, um grande rapaz com orgulho de ter quem têm na sua vida!

Tenho imensas saudades de os tempos em que tinha 4/5 anos, era tudo tão bom, sem problemas, nessa altura é que era tão feliz, gostava de mim, gostava da minha vida, era muito agarrado à família, tinha ''namorada'', ... era tudo tão perfeito, essa época da minha vida agora faz imensa falta, quem me dera voltar atrás no tempo (...)  pelo menos não tinha os problemas que tenho agora, não me sentia como me sinto, não estava assim triste, amargurado e revoltado!

Hoje fui à psicóloga da escola, comecei a contar um pouco da minha história, comecei por contar as coisas que me aconteceram à muito tempo atrás, que me magoaram e magoam imenso precisar só de uma mão amiga e não a ter, custa imenso, quase ninguém deve fazer ideia de quanto.  Agora vejo que devia ter tido apoio psicológico na altura pois não é fácil ser vitima de bullying, e ser gozado por uma escola inteira,  durante anos e depois de repente, pôr isso de parte e agir como nada se tivesse passado! Amanhã vou outra vez falar com ela, para acabar lhe contar e  falar das coisas que sinto e que me magoam imenso, está a ser terrível esta fase da minha vida, não sei sequer que fazer!

A vida faz por nos mostrar as melhores coisas, nos piores momentos e são nesses momentos que vemos quem são as verdadeiras pessoas que temos à nossa volta e está sempre lá para nos apoiar e ajudar em tudo o que necessitarmos! ;)

Agora a tarde fui ter com as minhas amigas que já não as via à muito tempo, as J. já tinha imensas saudades delas as 2, falamos sobre tudo, sobre a escola, professores, namorada, novidades, (...)  elas lembram-se do que eu passei e dizem que eu fiz muito bem em ter ido estudar para o Funchal o ano que passou, mudar de ares, de escola, fez-me muito bem!
A J.S. disse que eu deva continuar a escrever e não parar, pois tenho imenso jeito e é algo que tem futuro e ela crê, que posso fazer um grande e bom livro!
Estou arrependido de não ter mudado de turma no 9º ano, talvez as coisas teriam sido diferentes ... é tão mau e ruim aquilo que me fizeram passar, fiquei conhecido por aquela escola inteira.
O mal foi ter-me isolado, de tudo e todos, não falar com ninguém, ficar fechado em casa dentro de 4 paredes, não sair, não arejar, tive o pior Verão da minha vida, as piores férias, ... a minha vida está tão confusa :$
Também estive com o meu amigo P.F. que não já não o via a algum tempo, ele já está no 12º ano, no mesmo curso do que eu, foi muito bom reencontrá-los, aos 3, ao tempo que não estava com eles, adorei e gostei da tarde, foi fantástica...

Parece-me, sinto que estou só neste mundo, estão todos muito afastados e longe de mim, sinto que falam de mim, que não posso confiar em niguém, que não me dão o devido valor que mereço, sinto-me só, abandonado, triste e quase sem amigos, sinto que as pessoas se afastam de mim, talvez por eu ser como seja, por andar torto, por ser tão criticado, que nem posso ser forte comigo mesmo porque falta-me a confiança, eu quero ser feliz, me sentir bem comigo e com os outros, ser amado, ter alguém na vida, alguém que não me faça sofrer nem me acabe por me magoar, como a maioria das pessoas o tem feito ultimamente a mim, talvez não saibas mas as grandes pessoas são aquelas que têm as maiores cicatrizes....tenho a minha cabeça numa grande e enorme confusão, com imensa coisa lá dentro, não sei como hei-de lidar com certas coisas pelas quais passei na vida, o meu irmão não estar aqui faz-me muita falta, e não só muitas mais coisas têm me prejudicado e me desiludido, pessoas que já não me falam, não se aproximam de mim, que fizeram juras eternas, que se fizeram de amigas, mas não eram, (....) basta disto TUDO, desta maldita vida, que continua sempre na mesma!

Já fui uma pessoa horrível e não me apercebi disso, já cometi tantos erros, já fiz coisas inaceitáveis, e estou arrependido, mas não posso ser julgado por isso! Eu não me considero feliz, e não sei se consigo voltar a ser a pessoa forte e confiante, alegre, (...) com boa disposição, que era antes!
Não consigo encarar a vida como antes, estou farto de me criticarem por andar torto, por ser isto ou aquilo ... gostava de ser valorizado como uma pessoa e ser feliz!


0 comentários:

Enviar um comentário